Atividades gratuitas marcam o Dia do Profissional de Educação Física

0 comentários

Atividades acontecem nesta terça-feira (01) na Praça do ET, das 7 ás 20 horas
Com programação recheada a Secretaria Municipal de Esportes comemora nesta terça-feira (1/09) o “Dia do
Profissional de Educação Física”. Na Praça do ET, alongamento, ginástica, Zumba e demonstrações de outros
esportes, de 7 às 20 horas. Durante todo o dia, a Prefeitura Municipal com apoio da Fundação Cultural, Centro
Universitário do Sul de Minas e Rádio Itatiaia, vai oferecer diversas atrações no programa chamado “Semel na
Praça”. Outro objetivo, além de comemorar o dia do educador físico, segundo a secretaria, é mostrar estrutura da Secretaria de Esporte, que oferece atividades esportivas gratuitamente, tanto na Semel quanto nas suas escolinhas, como no “Ginásio do Marcão”, no Bairro Santana, no Estádio Municipal, no Bairro Sion, nos Caics do Imaculada e do Cidade Nova, na Fuvae e no VTC. Também na Unifal, no Instituto Lutar, na Vila Pinto, na quadrada Escola Pedro de Alcântara, no Bom Pastor, no Estádio Nego Horácio, na Vila Barcelona e no Praça de Esporte e Cultura (PEC), no Jardim Estrela, e também na pista de bicicross no Bairro Campos Elíseos.
Outros projetos ainda estão implementados graças a convênios com escolas, como o handebol na Escola Afonso Pena e Aracy Miranda. A Semel oferece também à população dez academias de rua, distribuídas em diferentes regiões da cidade. Toda essa estrutura visa atender um compromisso do prefeito Antônio Silva de incentivar a população a fazer atividades físicas. “Queremos levar os exercícios até às pessoas para que tenhamos uma cultura de prevenção e que esses hábitos sejam adotados pelos moradores varginhenses”, disse o prefeito. Data Essa é a primeira vez que o Dia do Profissional de Educação Física será comemorado em grandes proporções. O local é a Praça do ET e quem se interessar em fazer alguma aula poderá receber to
das as informações como horários, professores e locais numa tenda especialmente montada para isso.
O secretário municipal de Esportes, Milton Júnior, que é professor de Educação Física, cita que “é raro um
cargo de secretário de esporte ter à frente um profissional de educação o que pode contribuir ainda mais para o
desempenho dessa pasta”. Ele ainda ressalta a importância desse profissional, pois “a boa orientação faz toda a
diferença na hora de realizar a atividade física para que o número de repetições, a carga exata e as posições, por exemplo, não comprometam o resultado positivo”. Milton conclui convidando a população para ir à Praça do ET nesta terça-feira. “Convido todos para tirarem um tempinho para conhecer quais as atividades que a Semel oferece, pois teremos muito prazer em receber e acolher todos”, finaliza.



Genro esfaqueia sogro por não aceitar carícias no próprio filho em Nepomuceno

0 comentários

Um idoso de 66 anos foi esfaqueado sete vezes pelo genro em Nepomuceno. Segundo a companheira do agressor, Joseane Aparecida Alves, o modo com que o avô, Lázararo Alves de Amaral, se relaciona com o neto, um menino de um ano e seis meses de idade, teria motivado o ataque.  — Meu pai fica beijando e acariciando a criança, uma coisa além do limite. Inclusive beija a boca dele. Eu não posso falar nada, porque se falo ele fica agressivo. O crime aconteceu quando Amaral fazia uma visita de rotina ao casal, quando ele anunciou a filha que iria embora foi surpreendido por Ramires José Lourenço, de 33 anos, que saiu do quarto segurando uma faca e golpeou o idoso. A vítima caiu desacordada no chão e foi socorrida pelo Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência). O agressor tem um relacionamento tranquilo com a mulher, mas fazia constantes ameaças ao sogro. Lourenço aparentava ter consumido bebidas alcoólicas e foi encaminhado pela Polícia Militar para a delegacia de Lavras.
Amaral foi levado para o Hospital de Lavras e seu estado de saúde é considerado grave.



Movimento pela redução no salário dos vereadores é lançado em Alfenas

0 comentários

O “Movimento Redução Já!”, que luta pela redução dos subsídios dos vereadores de Alfenas, foi lançado nesta semana durante um encontro que reuniu quase 80 pessoas em um espaço cedido pela 21ª subsecção da OAB/MG. Durante o encontro, mobilizado pelas redes sociais, foram definidas algumas diretrizes do movimento que elaborará um documento propondo a redução salarial para os parlamentares de Alfenas. Uma comissão foi formada para forma
tar a proposta que será submetida a uma nova reunião na quarta-feira da semana que vem. O valor a ser proposto ainda não está definido, o que deverá ser feito por essa comissão e, posteriormente, levado a reunião, a ser realizada
novamente na Casa do Advogado – sede da OAB. Atualmente, os vereadores recebem R$ 8.676,80 - valor considerado excessivo pelo “Movimento Redução Já!”. Em 2012, o aumento foi aprovado sob protestos da plateia. Além de propor um novo valor para os subsídios (nome oficial dos salários de agentes políticos), a comissão também estudará estratégias para alcançar o objetivo do Movimento, o que pode incluir manifestações, audiências públicas com os próprios vereadores e até o uso da tribuna livre na Câmara Municipal. A ideia inicial era formatar um projeto de lei,
de iniciativa popular, com a proposta de redução. Mas, numa análise inicial feita pelo advogado Daniel Murad, presi
dente da 21ª subseção da OAB/MG, a definição dos subsídios é prerrogativa dos vereadores e, portanto, essa matéria
não seria passível de iniciativa popular. Uma saída apresentada durante a reunião é a elaboração de um requerimento a ser apresentado na Câmara Municipal. O documento, avalizado por um grande número de assinaturas da população, solicitaria a redução, sugerindo valores. A estratégia, nesse caso, seria a da pressão popular.


Merenda escolar em Poços sofre cortes com atraso nos repasses da prefeitura

0 comentários

Escolas públicas municipais vêm sofrendo com atraso no repasse de verbas a algumas empresas por parte da Prefeitura de Poços de Caldas que está afetando a alimentação dos estudantes. Salada e frutas já foram cortadas do cardápio pela empresa que fornece a comida a algumas escolas. Na Escola Municipal Maria Ovídia Junqueira, não só a salada foi tirada dos 800 alunos, mas também as frutas como maçã, melancia e banana saíram do cardápio. “Agora está sendo servido só laranja ou mexerica. Houve sim, este corte na merenda e só fomos informados que haveria o
corte no momento. A salada é importante como o arroz, o feijão, a carne e os legumes”, comentou a diretora Maria Helena Aguirre. Questionada, a empresa responsável pelo fornecimento da merenda para as escolas, a Santa Helena Alimentos, informou, em nota, que não houve redução na merenda e que o cardápio é planejado para que não
haja desperdício, sem reduzir a qualidade nutricional diária necessária para os alunos. Contudo, em uma rede social, uma mulher que afirma ser cozinheira da empresa explicou que a dívida da prefeitura com a Santa Helena se
arrasta desde a última administração. Na postagem, ela diz. “Faz muito tempo que a SHA fornece comida de graça para as crianças e a empresa não está aguentando. A medida tomada por enquanto foi tirar a salada e a fruta, mas outras devem ser to madas caso o município não pague, como demitir cozinheiras. As crianças não merecem isso, mui
tas não comem em casa”, disse. Já no CAIC, os cerca de mil estudantes também tentam se acostumar com a mudança. A última salada servida na escola foi sexta-feira (21). Desde segunda-feira (23), as folhas estão fora do cardápio. O café também não tem mais bolo e nem pão. Nesta sexta (28), foram servidos apenas os biscoitos salgados e leite com achocolatado. A diretora do Caic, Lígia de Podestá soube da redução da merenda por funcionárias da Santa Helena Alimentos. “Agente ficou muito chateada com isso porque as crianças gostam muito e fazemos um trabalho em sala de aula para que eles aproveitem bem os legumes, as verduras, que fazem falta para a saúde deles”, disse. Readequação
de cardápio Procurado, o secretário municipal de Governo, Fernando Posso, disse que não houve corte, mas readequação de cardápio. “Não vai existir corte nem em quantidade de alimentos e nem em refeição. O que está
havendo é uma readequação do cardápio, para termos menos desperdício e passarmos por esse momento de crise da melhor forma possível. Estamos buscando alternativas, para dar alimentação de qualidade, sem perda nutricional”, disse. De acordo com ele, a falta da salada e das frutas é compensada com substituições. “Outras alternativas que possam compensá-las nutricionalmente estão sendo feitas. A salada não é o preferencial das crianças, existia
um desperdício. Isso é temporário, assim que conseguirmos ter um melhor repasse ou diminuição de crise, vamos
ter condições de melhorar o cardápio”, pontou. Posso disse ainda que o valor da dívida com o a Santa Helena Alimentos é de R$ 6 milhões e que a decisão de readequação foi tomada em conjunto. “As pessoas que entendem do trabalho atuaram para não termos perda de qualidade da alimenta ção”, encerrou.


Operação flagra 900 motoristas acima da velocidade em cidade da região

0 comentários

Uma operação integrada da Polícia Rodoviária Federal que aconteceu em todo o país nesta quinta-feira (27)
flagrou cerca de 900 veículos em excesso de velocidade em Pouso Alegre. Segundo a polícia, no local onde ocorreram os flagrantes, a velocidade máxima permitida é de 80 km/h para veículos leves e 60 km/h para veículos pesados, no entanto, alguns carros trafegavam em até 177 km/h. Ainda segundo a polícia, em Minas Gerais, ao todo, mais de 2 mil veículos com excesso de velocidade foram flagrados. A fiscalização durou quatro horas. De acordo com a polícia, os condutores flagrados em alta velocidade serão penalizados de acordo com o
código de trânsito brasileiro. Para os que estiverem com excesso de até 20% em relação ao limite, a multa é de R$85,13 e quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação. Já os que foram pegos excedendo entre 21% e 50%, a multa é de R$ 127,09 e cinco pontos na CNH. A punição mais grave é para os motoristas que transitarem em velocidade que exceda a permitida em mais de 51%, com multa de R$ 574,62 e sete pontos na CNH.



Audiência pública em São Sebastião do Paraíso discute sobre violência

0 comentários

Debater a segurança pública em São Sebastião do Paraíso, município do Sul de Minas, em especial a necessidade de medidas de combate ao tráfico de drogas. Esse é o objetivo da audiência pública que a Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) realizará na próxima quinta-feira (3), a partir das 9h30, na Câmara Municipal de São Sebastião do Paraíso (Praça Inês Ferreira
Marcolini, 60, Centro). O debate atende a um requerimento do deputado Sargento Rodrigues, presidente da co
missão. O parlamentar destaca a importância do debate, que atende a um pedido da Câmara de Vereadores, já que o município, situado na divisa com São Paulo, está na chamada “Rota Caipira” do tráfico, na qual criminosos se utilizam da MG-050. Para se ter uma ideia, São Sebastião do Paraíso está distante pouco mais de 100 quilômetros de Ribeirão Preto, conhecido entreposto do tráfico oriundo de países como Paraguai e Bolívia.
“Já temos estudos que mostram que há pelo menos 15 crimes que gravitam em tornodo tráfico. São crimes
como furtos, assaltos, formação de quadrilha e a maior ruptura do tecido social, que é o homicídio. Se conseguirmos reduzir a incidência do tráfico, teremos um efeito cascata benéfico nesses outros crimes”, defende o parlamentar. “O tráfico de drogas tem um efeito muito nocivo ao tecido social. Além da violência que ele acarreta, o dependente químico desestrutura a família, além de sobrecarregar os serviços públicos, como o atendimento público de saúde, por exemplo. Por meio da Comissão de Segurança Pública vamos poder dimensionar o problema e avaliar medidas que poderão ajudar as autoridades a enfrentá-lo”, completou Sargento Rodrigues. Convidados Foram convidados inicialmente para a audiência o prefeito e o presidente da Câmara de São Sebastião do Paraíso, respectivamente, Rêmolo Aloise e Jerônimo Aparecido da Silva;
o comandante-geral da Polícia Militar do Estado de Minas Gerais, coronel PM Marco Antônio Badaró Bianchini; o chefe da Polícia Civil mineira, Wanderson Gomes da Silva; a titular da Vara Criminal e
de Execuções Penais de São Sebastião do Paraíso, juíza Edna Pinto; e, por fim, o titular da 3ª Promotoria de Justiça desta mesma cidade, promotor Rômulo Aguiar Generoso. Por determinação do deputado, também
serão convidados para participar da audiência pública representantes em Minas da Polícia Federal e da Polícia
Rodoviária Federal. Na avaliação de Sargento Rodrigues, essas duas corporações têm muito a contribuir na formulação de novas estratégias de repressão para evitar que São Sebastião do Paraíso se transforme em mais um entreposto de traficantes.


Prova para candidatos ao Conselho Tutelar de Passos acontece neste domingo

0 comentários

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Passos, através da Comissão Organizadora do Processo de Escolha dos membros do Conselho Tutelar para o quadriênio 2016/2019, divulga o local e estabelece normas
para a realização da prova de conhecimentos para o processo de escolha dos conselheiros tutelares. A prova acontece neste domingo, 30 de agosto, das 9 às 12h, na Sala de Cursos, localizada no segundo andar da Casa da Cultura de Passos.
Os candidatos deverão chegar ao local da prova com antecedência mínima de 30 (trinta) minutos, obrigatoriamente munidos de lápis, borracha, caneta esferográfica azul ou preta, do
cumento de identidade com foto e, facultativamente, o protocolo de inscrição.
 

Três Pontas recebe etapa do Festival Nacional da Canção

0 comentários

É na terra de Milton Nascimento e Wagner Tiso que terminam as etapas classificatórias do 45° Festival Nacional da Canção. O município sedia a sexta fase seletiva do maior festival de música do Brasil nos dias 28 e 29/8, na Praça da Matriz, a partir das 21h. Mais 26 canções de vários estados foram selecionadas e concorrem as últimas cinco vagas nas semifinais que acontecem em Boa Esperança. Os artistas foram divididos em seis fases classificatórias, que aconteceram em São Lourenço, Extrema, Varginha, São
Thomé das Letras, Guapé e agora Três pontas. Cada cidade recebeu 26 músicas e a seleção foi realizada por um júri especializado, que escolheu cinco músicas por etapa. Um total de 30 privilegiados vão para as semifinais em Boa Esperança (4/9 e 5/9) garantindo, cada um deles, um prêmio de R$2.500,00. Eles disputarão dez vagas na grande final (6/9) na qual os participantes terão direito a um mínimo de R$3.500,00 em prêmios. No total o 45º Fenac vai distribuir 250 mil reais e o grande vencedor levará o troféu Lamartine Babo.